segunda-feira, 25 de agosto de 2008

III - Opções Caseiras de Cultivo de Plantas Aquáticas

Dando sequência ao artigo que aborda opções caseiras de cultivo de plantas aquáticas, acho importante salientar que no meu quintal pratico quatro formas difentes de cultivo de plantas aquáticas :

1 - Em hidroponia química (através do uso de bandejas com fluxo de água fertilizada, num processo que levanta água com uma bomba e passa essa água de uma bandeja para outra por gravidade ) , com substrato inorgânico (espuma fenólica) e a céu aberto.
2 - Em estufas fechadas (aquários de vidro de diversos tamanhos) com substrato orgânico e cobertos com tampas de vidro ou plástico transparente.
3 - Em aquários com substratos diversos, cheios de água, contendo em geral, plantas que não toleram emersão ou que estão submetidas a um processo de aflorar à superfície de forma mais lenta.
4 - Em vasos tradicionais para plantas de jardim .

Vista geral do sistema - com destaque para o cultivo hidroponico.
Hemianthus calitrichoides var. cuba - em hidroponia
Essa planta é realmente uma das mais fortes que existem para esse tipo de cultivo a céu aberto. Praticamente não se ressente com o frio, chuva, sol, etc...uma verdadeira e maravilhosa praga .
Eleocharis minima em hidroponia
Essa é também uma planta extremamente resistente e bela. Aguenta bem as interpéries aquí de SP, tem crescimento rápido e produz uma grande quantidade de mudas nesse sistema.

Utilização de aquários com plantas submersas para pronto uso (sem necessidade de adaptação) .

Essas aquí eu costumo utlizar quando tenho que fazer alguma montagem que necessite de resultado imediato e contínuo . Foram plantadas a poucos dias, estã recebendo CO2 e contam com a melhor e mais barata iluminação existente no Mercado : a luz do sol !

Vista geral - bateria de plantas submersas ou em fase de emersão (Echinodorus diversas)

A principal finalidade dessa bateria é fazer com que as Echinorus desenvolvam-se, aflorem à superfície e possam ser transplantadas para um cultivo emerso(na medida em que o nível da água baixar) . O bom disso tudo é que elas demandam uma alta carga de nutrientes e isso acaba ajudando o controle de algas e favorecendo às outras plantas (em geral aquáticas legítimas) no que se refere ao controle de algas .

Outra vista da bateria de plantas submersas.


Blyxas se desenvolvendo a pleno vapor, junto com Echinodorus e Lemnas (para dar uma pequena sombreada) e ajudar no controle de nutrientes .
Destaque para Echinodorus e algumas valisnérias mais raras .
Hydrocotile e trevo plantados em vasos . Essas em geral eu utilizo para enfeitar beira de lagos, junto com as Miriophilums .

Nimphaea doada pelo amigo Vladimir. Não sei qual é a espécie, mas vai de vento em popa e deve florir nesse verão, mesmo estando em um balde com algusn guppies .
Obs : Todos os aquas que estão com água possuem alguns guppies selvagens para o controle de mosquitos.
Detalhe - Taí uma planta que o Amano gosta de utilizar em suas montagens e que na verdade trata-se de um tipo de capim (por sinal muito bonito) : Cyperus helferi . Aquí na foto, ela está emersa numa estufa aquário, com uma boa altura para que possa desenvolver-se .
Estufa da Cyperus Helferi - no chão dessa estufa tem um carpetinho de tenelus amano - para aproveitar o espaço .
E por falar em aproveitar espaço, adivinhem onde eu guardo as rochas que utilizo em minhas montagens ?
Taí um belo lugar para guarda-las - as famosas "pedras do mato de Atibaia-sp" - aquí podemos ver algumas em detalhe . Tem também uns tronquinhos e uns galhos mais finos que não apareceram nas fotos .
E por falar em guardar - a nossa fiel cão de guarda - a Dott - que está conosco há muitos anos, já faz parte da família e adora dar uma "molhadinha" nas minhas plantas de vez em quando...
Aliás, Dott e seu hábito de sempre querer "aguar" minhas às plantas, foi uma das grandes inspiradoras do início do processo hidroponico e os diversos outos sistemas que ficam sempre acima do nível do solo . Ainda bem que a Dott, pelo tamanho, fica bem perto do nível do solo .
Espero que tenham apreciado a matéria !
No final da semana teremos mais novidades . Aguardem !!!




4 comentários:

georgearaujo@gmail.com disse...

Que blog é esse? Caro companheiro aquariofilista, seu blog com certeza deve estar no top 10 no Brasil. Estou espantado com tanta informação de ótima qualidade. Não sei nem o que ler primeiro. O que me trouxe ao seu blog foi a pesquisa sobre uma doença de peixe, a Lerneose, que uma betta minha tinha, mas que eu já consegui curar. Hoje, um ano depois de curada, essa mesma betta está com Hidropsia e li que é muito, mas muito difícil se curar um peixe com essa doença. Bem, eu estou tentando com as recomendações que já colhi na net, pois não faço eutanásia nos meus peixes, prefiro tentar curá-los até o fim. Seria interessante que você abordasse também essa doença (Hidropsia) para orientar todos os que amam a aquariofilia e visitam esse blog maravilhoso. O comentário está deslocado, mas é que eu já li o blog quase todo e até agora só vi informações úteis. Parabéns pelo excelente trabalho, George Araújo, Caruaru-PE.

Anônimo disse...

adicionei seu blog no meu favoritos usando o seguinte título:
melhor site de aquarismo

... já disse tudo.

Lescanjr disse...

Só tenho a agradecer pelas manifestações de apoio. Isso nos ajuda a continuar escrevendo e pesquisando sobre esse fascinante hobby.Obrigado mesmo e na medida do possível estarei acrescentando mais artigos.

Obrigado


Aquablog

muka disse...

vc nao pode doar um aquario pra mim se for doar um aquario entre em contato comigo pelo meu msn :samuka1065@hotmail.com